Files

Action Filename Size Access Description License
Show more files...

Abstract

Um elemento central, mas pouco discutido, no debate sobre relações raciais no país é a perspectiva dos brasileiros pardos – a identificação etno-racial que mais cresceu nos últimos censos. Historicamente os pardos compartilham uma situação socioeconômica parecida com a dos pretos, mas identificam de maneira sistemática menos discriminação racial do que esse grupo. O foco sobre as percepções dos pardos permite explorar duas questões centrais das relações raciais brasileiras, a identificação racial e a mensuração da discriminação, a partir de uma perspectiva pouco explorada. Para isso, utilizamos dados de survey e analisamos entrevistas semiestruturadas com entrevistados que se identificam como pardos – método que permite priorizar suas percepções, estratégias e definições de fronteiras raciais e simbólicas.

Details

Actions